Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Programa de Pós Graduação em Administração
Administração - Apresentação Administração - Informações Gerais Administração - Corpo Docente Administração - Núcleos de Pesquisa Administração - Perguntas Frequentes Administração - Links
Voltar para Página inicial
Áreas de Concentração
Mestrado Administração
Doutorado Administração
Disciplinas Administração
Processo Seletivo Administração
 Administração - Projetos Realizados
 Administração - Dissertações
Administração - Agenda e eventos programados
Administração - Gestão Sustentável
Administração - Boletim BISUS
Administração - Boletim on-line BASTA
Administração - Agenda de Eventos

Veja mais eventos

> Calendário Acadêmico
> Defesas da Semana
> Secretaria Acadêmica
> Bolsas de Estudo
> Expediente da Secretaria
> Biblioteca


Gestão das marcas no contexto brasileiro

O projeto se propõe a tratar de tema extremamente relevante no atual cenário competitivo – a gestão das marcas. A finalidade é aprofundar a compreensão sobre as marcas e colaborar no desenvolvimento de habilidades para apoiar iniciativas de construção de marcas sólidas e de sua gestão ao longo tempo. O foco centra a gestão de marcas brasileiras, criadas por empresas brasileiras ou estrangeiras que competem no nosso mercado.

Núcleo de Pesquisa em Clima e Cultura Organizacional

Líder: Profª. Drª. Neusa Maria Bastos Fernandes Santos

Núcleo de Estudos Estratégia e Competitividade Internacional

Líder: Prof. Dr. Belmiro do Nascimento João

Núcleo de Pesquisa em Marketing e Comunicação – MARCO

Líder: Prof. Dr. Alexandre Luzzi Las Casas

Núcleo de Pesquisa em Gestão de Carreiras e Transformação no Trabalho

Líder: Prof. Dr. Leonardo Nelmi Trevisan

Núcleo: Organizações e Políticas Públicas de Saúde

Líderes:

Profª Drª Maria Cristina Sanches Amorim

Prof. Dr. Luciano Junqueira

Forma de contato:

cristina.amorim@attglobal.net
www.cristinaamorim.com.br

11-3670.8513 / 4702.8894

Descrição/Objetivos do núcleo:

Pesquisar o segmento de saúde no Brasil, buscando compreender a dinâmica entre os setores público e privado, bem como as estratégias e características da cada agente: a indústria de medicamentos e materiais, os prestadores de serviços (clínicas, hospitais, etc.), as fontes pagadoras (Estado, operadoras de planos de saúde, seguradoras e cooperativas) e o Estado (federal, estadual e municipal).

Linhas de Pesquisa do núcleo:

1) Indústria farmacêutica

As políticas públicas de acesso aos medicamentos e de regulação econômica da indústria.

Objetivos: avaliar o modelo e a efetividade das medidas de regulação econômica da indústria – o price cap – relativamente à ampliação do acesso aos medicamentos; identificar as formas pelas quais o Estado exerce o poder sobre o setor.

2) Gestão das organizações de saúde

Os problemas e as oportunidades de negócios das organizações, no âmbito dos processos, planejamento e capacitação.

Objetivos: compreender o avanço das relações capitalistas nas organizações de saúde, evidenciado nos problemas de gestão, relativos aos processos, capacitação e planejamento.

3) Políticas públicas de saúde.

Desenvolvimento do SUS e ações intersetoriais, no contexto econômico da redução do crescimento econômico e dos recursos para a saúde.

Objetivos: avaliar os instrumentos por meio dos quais o SUS busca superar problemas relativos à ampliação da oferta dos serviços e à qualidade dos mesmos.

Projetos em Andamento:

1- Políticas públicas de acesso aos medicamentos e de regulação econômica da indústria farmacêutica no Brasil.

Análise do price cap para o controle dos preços dos medicamentos no Brasil.

2 – Terceirização de TI na indústria farmacêutica.

Tendências e características da TI.

3 - A Fundação Rockfeller no financiamento de instituições públicas de saúde no Brasil.

Conseqüências da presença do capital e cultura norte-americana no segmento da saúde no Brasil.

4 – Análise dos benefícios obtidos pela gestão do consumo de medicamentos nas organizações.

Resultados de experiência de PBM.

5 – Estudo sobre a gestão do projeto Mãe Canguru em unidade de saúde pública.

Os instrumentos de gestão usados nas ações de acolhimento das mães.

6 – Identificação e análise dos itens de custos em UTI de hospital universitário.

Projetos Realizados em 2006:

  1. Planos de saúde para pequenas e médias empresas.
    Estudo dos instrumentos de gestão necessários à oferta de planos de saúde para PME.
  2. Comunicação e aprendizagem nos usuários de serviços de autogestão em saúde.
    Proposta de plano de comunicação para usuários de autogestão, com vistas a melhor utilização dos serviços.
  3. Análise das políticas públicas de medicamentos no Brasil.
    Identificação e análise das políticas de medicamentos no Brasil, durante o primeiro governo de Lula.
  4. Gestão de clínicas odontológicas, estudo de caso.
    Proposta de modelo identificação e solução de problemas organizacionais de clínica odontológica.
  5. Exportação de serviços de saúde no Brasil.
    Análise da oferta e demanda de exportação de serviços de saúde.

Data das reuniões / eventos

03/05/07- 18:30h - Livraria Cultura, Shopping Villa-Lobos, SP/SP

Debate: Para entender a saúde no Brasil.

Luiz Carlos Abrão, pres. da Confederação Nacional da Saúde – CNS.

Geraldo Barbosa, pres. da BD Brasil

Eduardo Perillo , coordenador do MBA em Economia e Gestão da Saúde da PUC/SP

Mª Cristina Amorim, coordenadora o MBA em Economia e Gestão da Saúde da PUC/SP

Lançamento da coletânea Para entender a saúde no Brasil. SP: LCTE Editora, 2006, organizado por AMORIM, M.C. PERILLO, E.

15/05/07 - 19:30, sala 500 A 5º andar, prédio novo, PUC/SP.

Palestra: Profª Drª Maria Cristina Amorim

Tema: Dinâmica do segmento da saúde no Brasil: interesses, conflitos e perspectivas.

O texto está disponível em www.cristinaamorim.com.br

29/08/07 – 19:00, prédio novo, PUC/SP, sala a confirmar.

Reunião do grupo de pesquisa “Organizações e Políticas Públicas de Saúde”.


PUC-SP | Pontifícia Universidade Católica de São Paulo | Pós-Graduação em Administração Developed by DTI - Núcleo de Mídias Digitais